Exposição de Temas

sábado, 19 de março de 2011

Capoeira (história - Brasil/Angola)

História da capoeira e sua origem


A capoeira é uma expressão cultural afro-brasileira que ritualiza movimentos de artes marciais, jogos, dança e música. A origem cultural do que se transformaria capoeira foi trazida de Angola para o Brasil depois do século 16 em regiões da Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. Participantes da capoeira formam uma roda e revezavam tocando instrumentos musicais como o berimbau, cantando e fazendo a luta ritual em pares no centro do círculo. A capoeira é marcada por acrobacias e uso extensivo de rasteiras e chutes.
A origem e história da capoeira é assunto de debate, com argumentos de que ela se originou de dança com movimentos improvisados de luta, até os que acham que ela é uma forma de luta para batalhas descendente de técnicas africanas ancestrais.
A origem e história mais antiga da capoeira não é clara. A capoeira é uma combinação de artes marciais africanas e brasileiras, porém opiniões estão genericamente dividas entre aqueles que acreditam que sua origem está nos estilos de luta africanos e os que acham que ela é uma forma dança brasileira única, resultado de várias influências africanas e brasileiras.
Alguns estudiosos da história da capoeira acreditam que ela foi criada e desenvolvida por escravos vindos da África como forma de praticar artes marciais de maneira dissimulada, parecendo ser um jogo ou dança. Uma vez que os donos dos escravos coibiam toda a forma de arte marcial, a capoeira a disfarçava como uma dança. Outros acreditam que a capoeira era praticada e usada contra os ataques portugueses ao quilombo de Palmares.
Não existe história escrita para dar suporte à idéia de que a origem da capoeira era de uma luta para batalhas, e muitos acham que foi uma forma de dança desenvolvida por escravos a partir de danças e rituais africanos. Ainda que não existam muitas evidências históricas da real origem da capoeira, o trabalho etnográfico do artista Johann Moritz Rugenda de 1835 "Voyage Pittoresque dans le Brésil" descreve a capoeira como "dança da guerra", o que dá credibilidade à teoria de que ela se originou da dança e não de uma forma de luta.

No Brasil

Por algum tempo a capoeira foi proibida no Brasil. Em 1890 o presidente Deodoro da Fonseca assinou uma lei que proibia a prática da capoeira com severas punições a quem fosse pego. Apesar do banimento da capoeira, Mestre Bimba (Manuel dos Reis Machado) criou um novo etilo chamado "Capoeira Regional", diferente da tradicional "Capoeira Angola" do Mestre Pastinha. Em 1930 as autoridades foram convencidas do valor cultural da capoeira e terminou a sua proibição. Mestre Bimba criou a primeira escola de capoeira em 1932, a Academia-escola de Capoeira Regional, na cidade de Salvador, e é considerado o pai da capoeira moderna.

Capoeira 
Arte, dança, luta...
Brasileira vinda nos ventres da África. Nasceu e cresceu no Brasil e hoje é referência de esporte Brasileiro. Desenvolvida por escravos africanos trazidos ao Brasil e seus descendentes, é caracterizada por movimentos ágeis e complicados, feitos com freqüência junto ao chão ou de cabeça para baixo, tendo por vezes um forte componente ginástico-acrobático. Uma característica que a distingue de outras lutas é o fato de ser acompanhada por música. Porém existem vários grupos de capoeira pelo mundo, cada um com um estilo pouco diferente. A palavra capoeira tem alguns significados, um dos quais se refere às áreas de mata rasteira do interior do Brasil (capoeral). "Capoeira é cultura e quem é capoeirista tem ela no sangue..." (Mestrando Apache.)

Capoeira Regional e suas características (Mestre Bimba)


capoeira

 

A Capoeira Regional é uma manifestação da cultura baiana, que foi criada em 1928 por Manoel dos Reis Machado (Mestre Bimba). Bimba utilizou os seus conhecimentos da Capoeira Angola e do Batuque (espécie de luta - livre comum na Bahia do século XIX) para criar este novo estilo. Para fugir de qualquer pista que lembrasse a origem marginalizada da capoeira, mudou alguns movimentos, eliminou a malícia da postura do capoeirista, colocando-o em pé, criou um código de ética rígido, que exigia até higiene, estabeleceu um uniforme branco e se meteu até na vida dos alunos. "Para treinar com meu pai era preciso provar que estava trabalhando ou mostrar o boletim do colégio", conta Demerval dos Santos Machado, conhecido como "Formiga" nas rodas de capoeira, e organizador do da Fundação Mestre Bimba, ao lado do irmão, Mestre Nenéu


Batizado
Batizado: É um momento de grande significado para o aluno, pois encontra-se apto para jogar pela primeira vez na roda. Itapoan, Ex-aluno retrata o Batizado da seguinte maneira: "O Batizado consistia em colocar em cada calouro um nome de guerra. O tipo físico, o bairro onde morava, a profissão, o modo de se vestir, atitudes, um dom artístico qualquer, serviam de subsídios para o apelido". Fred Abreu referindo-se ao batizado, cita que na intimidade da Academia de Mestre Bimba ele assim se dizia "Você hoje vai entrar no aço". Desta maneira o Mestre avisava ao calouro que chegou a hora do seu batizado, era um momento de grande emoção, pois tratava-se de jogar capoeira pela primeira vez na roda amimada pelo berimbau. Para este jogo era escolhido um formado ou um aluno mais velho da Academia que estivesse na aula, que como padrinho incentivava ao afilhado a jogar, e após o jogo o Mestre no centro da roda levantava a mão do aluno e então era dado um apelido com o qual passaria a ser conhecido na capoeira.

Significado da Música
Músicas: Podemos dividir em duas partes - a primeira referente aos toques de Berimbau, São Bento Grande, Santa Maria, Banguela, Amazonas, Cavalaria, Idalina e Iúna. A rigor cada toque tem um significado e representa um estilo de jogo. São Bento Grande é um toque que tem ritmo agressivo, indica um jogo alto com golpes aprimorados e bem objetivos, um "jogo duro". A Banguela é um toque que chama para um jogo compassado, curtido, malicioso e floreado. Cavalaria é o toque de aviso, chama a atenção dos capoeiristas que chegou estranhos na roda, outrora avisava da aproximação de policiais. Iúna é um toque especial para os alunos formados por Mestre Bimba, incita um jogo amistoso, curtido, malicioso e com a obrigatoriedade do esquente. Santa Maria, Amazonas e Idalina são toques de apresentação. A segunda eferência é sobre as musicas - quadras e corrido. As quadras são pequenas ladainhas com versos composto de 4 a 6 linhas. O corrido são cantigas com frases curtas que é repetido pelo coro. Plasticamente a Capoeira Regional é identificada pêlos golpes bem definidos, pernas esticadas, movimentos amplos, jogo alto e objetivo.

Em Angola

Capoeira Angola

A Capoeira Angola é um dos traços da manifestação da África Bantu no Brasil. Ela conserva sua essência no N'golo, ritual de passagem a vida adulta, onde as jovens são disputadas entre os jovens gurreiros das tribos e quem melhor se sobresair cabe o direito de escolher sua esposa dentre as jovens sem o pagamento do dote matrimonial.
A palavra Capoeira é de origem Tupi Guarani (indígena) significa um tipo de preparo do solo para o replantio (mato cortado rente ao solo) onde os negros ali se encontravam para prática do N'golo devido a obcessão do regimento escravista desenvolvia a alma física como instrumento de libertação. Caracterização da Capoeira Angola. O Capoeirista Angoleiro busca compor seus movimentos com os movimentos do seu adversário, visando tornar o jogo coesco, como ume unidade. O seu senso estético lhe direciona à obtenção de uma sintonia eurrítmica usando movimentos expressivos, variados e ao mesmo tempo funcionais. A movimentação dos jogadores, visivelmente inspiradas em movimentos de animais silvestres, oferece uma grande liberdade e variedade de recursos aplicáveis às diversas situações do jogo que se desenvolve como uma trama, com diferentes passagens. O Capoeirista demonstra sua superioridade no espaço da roda, levando o adversário à confusão com perigo e a complexidade dos seus movimentos.
Naturalmente afloram dos jogadores inúmeras faces de temperamento humano: o medo, a alegria, a raiva, o orgulho, a compaixão, a indiferença e outros sentimentos que tormentam a intriga, exigindo o controle psicológico dos adversários num jogo de estratégia, em que as peças a serem movimentadas são as partes do própio corpo. Os capoeristas devem harmonizar o clima do jogo com o momento da roda, ou seja, jogar de acordo com o toque e o retorno que está sendo tocado pela orquestra, com o sentimento dos versos que estão sendo entoados pelo puxador e pelo côro.
Sagacidade, autoconfiança, lealdade, humildade, elegância são alguns dos fatores subjetivos que qualificam o Capoeirista Angoleiro, herdadas dos antigos praticantes do N'golo. O ser capoerista exige perfeito domínio da cultura, das tradições e do jogo, o toque dos intrumentos e o cantos das músicas.

Música de Capoeira
A Música na Capoeira é tão importante quanto o próprio jogo da Capoeira

Ladainha- Cântico que é entoado na Roda de Capoeira, tradicionalmente na capoeira Angola, que , seguindo a tradição, deve ser cantada por um Mestre - o mais velho e/ou mais considerado -, ou, com a autorização do Mestre da Roda , por um dos Capoeiristas que vão "fazer um jogo", ao "pé do Berimbau". As Ladainhas trazem em seu bojo a história da Capoeira e de seus grandes personagens, concepções de mundo, orientações a algum aprendiz etc. Segundo os "Velhos Mestres" da Bahia, enquanto a Ladainha está sendo cantada, não se realiza nenhum "jogo físico", é necessário aproveitar o momento para dedicar-se à concentração máxima, tendo em vista o correto entendimento da(s) mensagem(ns) que nela está(estão) contida(s).

(Mestre Pastinha)
Yê ! 
Eu vou ler o B-A-Bá
B-A-Bá do Berimbau
a moeda e o arame
com dois pedaçoes de pau
a cabaça e o caxixi
aí está o berimbau
Berimbau é um instrumento
que toca numa corda só
vai tocar São Bento Grande
toca Angola em tom maior
agora acabei de crer
o Berimbau é o maior
Camaradinho
Yê Viva meu Deus
Yê viva meus Deus camarado
...

Yê !
São quatro coisa no mundo
que ao homem consome
uma casa pingando
um cavalo chotão
uma mulher ciumenta
um menino chorão
Tudo isso ele dá um jeito
a casa ele retelha
o cavalo negoceia
o menino acalenta
mulher ciumenta
cai na peia
Yê viva a Bahia
Yê viva a Bahia camarado

Yê !
Lá no céu tem três estrelas
todas as três em carririnha
uma é minha a outra é sua
a outra vai ficar sózinha
Camaradinho
Yê Viva meu Mestre
Yê viva meu Mestre camarado

Yê ! 
Bahia minha Bahia
capital do Salvador
quem não conhece esta capoeira
não lhe dá o seu valor
todos podem aprender
General e também quem é Doutor
quem desejar aprender
venha a Salvador
procure Pastinha
ele é professor
Camaradinho
Yê viva meu Deus
Yê viva meu Deus camarado

Yê ! 
Menino quem te matou ? 
foi a língua meu senhor
eu te dava conselho
pensava ser ruim
e eu sempre te dizendo
inveja matou Caim.
Camaradinho
Yê viva a Bahia
Yê viva a Bahia camarado


Hê...cicade de Assunção
capital do Itamaraty
é engano das nações
das sepulturas do Brasil
Pastinha já foi a África
pra mostrar a capoeira do Brasil
Camaradinho
Yê viva Pastinha
Yê viva Pastinha camarado

 
A Bahia é terra boa
tem de tudo pra se ver
tem gostoso acarajé
tem abará e tem dendê
e tem a capoeira angola
para nós nos defender
Camaradinho
Yê Viva a capoeira
Yê viva a capoeira camarado

Corrido - Cântico da Capoeira que , assim como os toques do berimbau , determina o tipo de jogo dos dois capoeristas:
Apanha a laranja no chão Tico-Tico
se meu amor for embora eu não fico
apanha com a mão , com o pé ou com o bico
sua saia é de renda ou de bico
coro: apanha a laranja no chão tico-tico

Jogo de dentro... jogo de fora
é o jogo de Angola
valha-me Deus e Nossa Senhora
coro:jogo de dentro... jogo de fora

Tabaréu que vem do sertão
Vendo quiabo, maxixe e limão
ele vende quiabo, maxixe e limão
coro: Tabaréu que vem do sertão

Eu sou Angoleiro
Angoleiro é o que eu sou
Angoleiro de valor
Angoleiro de Salvador
Angoleiro sim senhor
meu mestre me ensinou
coro: eu sou angoleiro

Vai você , vai você
Dona Maria como vai você
Joga bonito que meu mestre quer ver
Joga denovo que eu quero aprender
coro: Dona Maria como vai você

Sai sai Catarina 
Saia do má venha ver Idalina
Oi Catarina venha ver
coro: Sai sai Catarina

Dona Maria do comboatá
chega na venda e manda botá
coro: Dona Maria do comboatá

Oi tu que é moleque
moleque é tu
coro: moleque é tu

Olha o nome do pau
coro: é pindobé

Jogo de dentro jogo de fora
jogo bonito este jogo de Angola
coro:jogo de dentro jogo de forta

Tira de lá , bota cá 
Tira daqui, bota ali
coro: Idalina






Berimbau

O berimbau, é um instrumento de corda, de origem angolana, também conhecido como berimbau de peito em Portugal ou como hungu em Angola e grande parte do continente africano.
É constituído por uma vara em arco, de madeira ou verga, com um comprimento aproximado de 1,50m a 1,70m e um fio de aço (arame) preso nas extremidades da vara. Na sua base é amarrada uma cabaça com o fundo cortado que funciona como caixa de ressonância. O tocador de berimbau usa a mão esquerda para sustentar o conjunto e pratica um movimentos de vai e vem contra o ventre, utilizando uma pedra ou uma moeda (dobrão), para pressionar o fio. A mão direita, com uma varinha, percute a corda.




Nenhum comentário:

Postar um comentário